PENSAMENTOS DE UMA CENTELHA HUMANA

Capítulo I

perdao21Um novo ano teve início e mais uma vez temos, nós humanos, a chance de renovar as metas, ideias, conceitos.

Quanto ao ano que se foi tenho gratidão. Hoje sou o que sou graças aos grandes acontecimentos e aprendizados vivenciados em 2010.

A grande lição que trago neste novo ano é a profunda aceitação do amor incondicional.

Penso que se nós, seres humanos, não começarmos a aceitar a magia do amor incondicional a permanência de nossa espécie neste planeta terá seus dias contados – SEREMOS EXTINTOS!!!

A mim, como uma discípula reikiana dos grandes mestres ascensionados, me resta colocar a cada instante em prática o exercício do amor incondicional, do amor universal. Mestra Nada, pertencente a chama rubi, em suas belíssimas mensagens deixa claro a importância da gratidão e com isso do amor incondicional. Esse amor fraterno por toda e qualquer forma viva existente no imenso universo de luz.

O grande Mestre Jesus já disse: “Amai-vos uns aos outros e a Deus como a ti mesmo”. Se o outro te machuca, lhe dirige ofensas e outras agressões, respire! Ilumine-se, ore aos mestres pedindo paz e amor a você e essa pessoa! Faça como minha avó dizia: “ Encha a boca de água!” Isso sempre funciona!

A gratidão é uma das formas de demonstrar o amor incondicional mais sublime que existe. Quando somos gratos por tudo o quanto foi, e é bom, e também por tudo que não é ou foi tão bom, desenvolvemos a capacidade do amor universal, aceitamos esse amor e tudo o que o universo nos proporciona.

Dessa forma passamos a emanar as energias sublimes do amor incondicional para nós e para todos os demais, próximos ou não de nós.

Assim, contribuímos para a paz de todo o planeta.

Camile Alba P. Rodrigues (http://chama-rubi.blogspot.com)

(Camile é terapeuta natural, graduada em biologia, mestre em ciências pela Faculdade de Medicina da USP, professora de biologia )

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

De volta á escrita

Compartilhar

Quem foi PADMAPANI?